Internacional

Hospedeira de bordo manda mulher tapar-se porque estava a amamentar

"Se quer amamentar, tem de se tapar"

Uma mãe estava a amamentar a filha durante uma viagem de avião da KLM, quando uma hospedeira de bordo a abordou pedindo que se tapasse.

A denúncia do episódio foi feito pela mãe que só queria alimentar a criança. Shelby Angel contou no Facebook que a situação ocorreu durante um voo entre São Francisco, nos EUA, e Amesterdão, na Holanda.

Segundo a própria, Shelby Angel estava a amamentar a filha, com uma não, ainda antes de o avião descolar quando uma assistente de bordo lhe deu um cobertor, oferta que veio acompanhada com a frase: “Se quer continuar a amamentar tem de se tapar”.

Shelby Angel declinou, explicando que a filha não gostava de mamar coberta. Perante a recusa, a hospedeira deixou o aviso de que se algum outro passageiro se queixasse teria de ser a mãe a enfrentar a questão.

Mas não foi necessário, pois “ninguém se queixou”, sublinhou Angel. "Durante o resto do voo, aquela assistente de bordo nem sequer me olhava nos olhos. Senti-me extremamente desconfortável e desrespeitada. Quando chegámos a casa, fiz uma reclamação à KLM. Foi-me dito que tinha de respeitar as pessoas de outras culturas e que a resposta daquela assistente de bordo estava de acordo com as políticas da companhia", contou ainda no Facebook.