Internacional

Homem violava filha bebé e publicava os vídeos na internet

Ex-paramédico foi condenado a 70 anos de prisão

Um norte-americano, de 31 anos, foi condenado a 70 anos de prisão por ter violado a sua filha de um ano.

James Lockhart, antigo paramédico da Florida entre 2012 e 2018, filmava os abusos à filha bebé, cometidos entre 2016 e 2018, e publicava os vídeos na dark web.

O homem deu-se como culpado dos crimes de produção, distribuição e posse de material pornográfico, em setembro, sendo que a condenação só foi efetivada esta quinta-feira.

De acordo com a imprensa internacional, as autoridades, que chegaram até James Lockhart através dos fóruns onde este publicou os vídeos, encontraram, em sua posse, ainda mais imagens dos abusos da bebé quando o detiveram.

A mulher de Lockhart, e mãe da vítima e de mais um rapaz, teve de identificar a própria filha e o marido nos vídeos que este fazia.

O homem é ainda suspeito de ter violado pelo menos mais uma criança, mas não há ainda qualquer acusação formal. Lockhart ter-se-á gabado de outros abusos nos fóruns da dark web.

As autoridades detiveram-no em outubro de 2018, tendo entrado em sua casa, onde encontraram as imagens no computador