Sociedade

Fenprof pede à PGR para investigar morte de quatro docentes

Um dos professores morreu na escola

A Federação Nacional de Professores (Fenprof) já fez chegar à Procuradoria Geral da República um pedido para que se investiguem as mortes de quatro docentes, registadas nos últimos meses.

Segundo a Fenprof os professores morreram quando exerciam a atividade, um deles estava na escola.

Refere-se que é preciso apurar as causas e “a eventual existência de responsabilidades”.