Internacional

Mulher sobrevive a mais de 50 facadas do ex-namorado

Homem é lutador de artes marciais

Uma mulher brasileira, do litoral do estado de São Paulo, foi atacada de forma brutal pelo ex-namorado, no domingo de manhã.

O homem, lutador de artes marciais de 35 anos, não se conformava com o fim da relação, e o seu comportamento agressivo e ameaçador já tinham feito com que a vítima obtivesse uma ordem de restrição.

Mas o documento do tribunal de nada valeu à mulher que foi atacada na sua própria casa, onde morava sozinha, depois de o namorado ter forçado a entrada na habitação, onde a esfaqueou com mais de 50 golpes.

Os vizinhos alertados pelos gritos da mulher chamaram a polícia que apanhou o homem em flagrante.

"Foram encontradas no local, próximo à vítima, três facas. Todas elas foram usadas pelo autor do crime. E ele teria desferido, segundo consta no laudo do IML, mais de 50 facadas, atingindo órgãos vitais da vítima", afirmou fonte policial, citada pelo G1.

A mulher apesar das mais de 50 facadas sobreviveu, tendo sido transportada em estado grave para o hospital, onde continua internada nos cuidados intensivos.

O homem está acusado de tentativa de homicídio.