Sociedade

Mulher tentou matar companheiro com tiros. A arma encravou e espancou-o com uma pedra

Após realizar os supostos crimes, fugiu até Lisboa

Uma mulher de 43 anos foi detida pelos crimes de homicídio qualificado – na forma tentada – e posse de arma proibida. Atualmente, encontra-se em prisão preventiva.

De acordo com uma nota publicada no site oficial da Procuradoria da República da Comarca de Leiria, a alegada criminosa, no passado dia 2 de janeiro, tentou matar o companheiro “disparando várias vezes sobre ele, com uma pistola semiautomática, acertando-lhe no peito e no antebraço”. Como a arma encravou, espancou a cabeça da suposta vítima com uma pedra.

Sublinhe-se que o ofendido não perdeu a vida porque foi socorrido por terceiros, na medida em que a arguida colocou-se em fuga mal terminou a concretização dos factos criminosos, tendo sido localizada na Estação do Oriente (em Lisboa) quando se preparava para viajar até Madrid.

A investigação foi levada a cabo pelo Ministério Público da 1ª Secção das Caldas da Rainha do Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria com o auxílio do Departamento de Investigação Criminal do mesmo distrito.