Sociedade

Secretaria de Estado da Administração Interna liderou compra de kits inflamáveis

O gabinete do secretário de Estado, José Artur Neves, organizou os convites feitos às cinco empresas para averiguar qual o acordo mais viável, tendo assim acesso aos preços, a adjudicação, a minuta das regras e a elaboração do contrato.  

A secretaria de Estado da Administração Interna esteve à frente da compra dos kits de proteção, incluídos no programa “Aldeia Segura, Pessoas Seguras”, segundo noticiou o Jornal de Notícias.  

O gabinete do secretário de Estado, José Artur Neves, organizou os convites feitos às cinco empresas para averiguar qual o acordo mais viável, tendo assim acesso aos preços, a adjudicação, a minuta das regras e a elaboração do contrato.  A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil só teve de pagar os kits, que custaram 202 mil euros.

Recorde-se que foi aberto um processo este sábado pelo ministro da Administração Interna devido aos 15 mil kits apresentarem o dobro do preço do mercado, algo que a empresa que forneceu o serviço, a Foxtrot, defende ser normal devido à urgência do pedido.