Desporto

Sporting. Troféu Cinco Violinos vai para Valência

Leões começaram a vencer, permitiram a reviravolta e acabam a pré-temporada sem qualquer vitória

O Sporting despediu-se da pré-temporada sem uma única vitória. Depois de três empates e duas derrotas, os leões receberam os espanhóis do Valência para a disputa do Troféu Cinco Violinos, mas foram os ché a festejar: vitória por 2-1 e a taça a viajar para longe pelo segundo ano consecutivo - na época passada foi conquistado pelos italianos do Empoli.

Antes da partida, a cerimónia de apresentação trouxe as primeiras definições em relação ao plantel: Matheus Pereira, Gelson Dala, Ivanildo Fernandes, Mattheus Oliveira, Emiliano Viviano, André Pinto, Jefferson e Alan Ruiz não foram mencionados e são mesmo cartas fora do baralho para Marcel Keizer. Ainda assim, alguns dos nomes chamados também poderão ainda vir a sair, casos de Ristovski, Bruno Gaspar, Battaglia e os jovens Nuno Mendes, Daniel Bragança e Eduardo Quaresma.

No onze, apenas um reforço: Vietto, avançado argentino recrutado ao Atlético de Madrid. A entrada do Sporting acabou por ser a todo o gás, com Bas Dost a fazer mexer o marcador logo aos cinco minutos, após passe de Raphinha. Apenas quatro minutos volvidos, porém, Kondogbia saltou completamente à vontade na área leonina e restabeleceu a igualdade.

O marcador voltaria a mexer apenas na segunda parte, já depois de muitas mexidas no Valência - entre as quais a saída de Gonçalo Guedes para a entrada de Rodrigo. E seria mesmo o antigo avançado espanhol do Benfica o protagonista da primeira grande jogada neste período, aos 54': primeiro a conquistar uma grande penalidade, após derrube de Coates, e depois... a desperdiçá-la, permitindo a defesa de Renan. Rodrigo acabaria por se redimir aos 66', cruzando para a finalização tranquila de Kévin Gameiro.