Economia

Turismo. Viagens de residentes em Portugal aumentam 4,4%

Dados do Instituto Nacional de Estatística referentes ao primeiro trimestre deste ano revelam que residentes em Portugal realizaram 4,7 milhões de viagens.

No primeiro trimestre deste ano, os residentes em Portugal realizaram 4,7 milhões de viagens, valor que corresponde a um aumento de 4,4% face a período homólogo. Já em comparação ao quarto trimestre do ano passado, o aumento foi de 6,3%, avançou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O gabinete de estatística revela que a proporção de residentes que realizou pelo menos uma deslocação turística no primeiro semestre deste ano foi de 19,2%, um número que representa um aumento de 6%. Neste trimestre, janeiro foi o mês a registar o maior crescimento homólogo em termos de peso de residentes que viajaram: +2,2%. Ainda no primeiro trimestre deste ano, 87,7% das deslocações corresponderam a viagens em território nacional (4,1 milhões), um aumento de 2,3%. Já as viagens turísticas para o estrangeiro totalizaram 575,8 mil, um aumento de 22,4%.

O INE refere que as visitas a familiares ou amigos foi a principal motivação para viajar no primeiro trimestre deste ano, com 2,1 milhões de viagens, apesar de ter perdido representatividade em relação a período homólogo. Para lazer, recreio ou férias foram feitas 1,8 milhões de viagens, um aumento de 16,2%.

Por motivos profissionais ou de negócios as viagens mostraram um crescimento de 28,6%.

O INE explica ainda que os hotéis e similares concentraram 24,9% das dormidas no primeiro trimestre deste ano e, apesar de terem reforçado a sua representatividade, o alojamento particular gratuito manteve-se como principal opção de alojamento: 68,4% das dormidas. Ainda assim registou uma redução do seu peso no total com -2,0 pontos percentuais.