Sociedade

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras desmente que Benfica tenha ficado ‘fechado’ no avião por falta de inspetores

SEF desmente responsabilidade por atrasos no aeroporto de Beja. Esta manhã tinha sido noticiado que os jogadores do Benfica tinham ficado retidos por falta de inspetores naquele aeroporto

DR  

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) esclareceu esta segunda feira não ter qualquer responsabilidade pelo atraso verificado na saída da equipa do Benfica do Aeroporto de Beja, dado que havia inspetores e que estes chegaram inclusivamente antes da hora prevista para a chegada do avião. O SEF adianta mesmo que apesar de os jogadores terem chegado 40 minutos antes da hora prevista, os dois inspetores escalados já lá estavam na box para os receber – tendo inclusivamente assistido às manobras de aterragem do aparelho.

Num comunicado enviado aos meios de comunicação social, o órgão de polícia criminal refuta assim a notícia inicialmente avançada pelo jornal Record, que dava conta de que o atraso na saída do aeroporto tinha tido origem num problema do SEF. Àquele jornal desportivo, fonte das águias explicou que a comitiva chegou ao aeroporto de Beja pelas 7h, tendo sido obrigada a ficar um longo período de tempo no aeroporto por não haver ninguém do SEF nem da alfândega para os trâmites habituais.

Uma versão desmentida pelo SEF: “Os dois inspetores nomeados para fazer o respetivo controlo chegaram às boxes de controlo de fronteira às 07H00, tendo observado ainda as manobras de estacionamento do avião. Permaneceram na box de controlo de fronteira cerca de 45 minutos, a aguardar pela chegada dos passageiros”.

O SEF reitera ainda que os inspetores chegaram “atempadamente”, “não tendo existido qualquer má prática da parte do Serviço”. E acrescenta na nota enviada às redações que “ocorreram situações imprevistas (falha de eletricidade e de rede)”, que ainda assim, diz, não afetaram o controlo de passageiros, dado que “as respetivas consultas haviam sido feitas previamente pelo SEF”.

O Benfica, recorde-se, viajou esta madrugada de Foxborough (Massachusetts) para Beja após a sua participação na International Champions Cup, onde defrontou o Chivas Guadalajara, a Fiorentina e o AC Milan, somando três vitórias.