Sociedade

60 jovens obrigados a abandonar parque de campismo na Covilhã devido a incêndio

No local encontram-se mais de 100 operacionais a combater as chamas, acompanhados por seis meios aéreos.

Um incêndio na localidade de Terlamonte, na Covilhã, obrigou 60 jovens a abandonar o parque de campismo da região. Segundo o presidente da Câmara, Vítor Pereira, a medida foi feita apenas por precaução e a pensar na segurança dos jovens, sendo que as chamas não se chegaram a aproximar do local. 

"Eram 60 jovens que estavam a acampar na Quinta do Rio, mesmo na margem do rio Zêzere, e que por precaução foram retirados. Foram encaminhados para o pavilhão gimnodesportivo da Escola C+S do Teixoso, onde se encontram agora", referiu o autarca à agência Lusa. 

O fogo está a lavrar numa zona de floresta, perto do rio, e não estão em risco localidades, sendo que o combate às chamas está a "progredir favoravelmente", segundo declarações do mesmo. 

O alerta foi dado às 15:21 numa zona de mato e mais de 100 operacionais encontram-se a combater as chamas, acompanhados por seis meios aéreos.