Vida

Neymar livra-se de acusação de violação

Relatório diz que não há provas suficientes

Neymar não será acusado de violação. O anúncio foi feito esta segunda-feira pela Polícia Civil de São Paulo, após a conclusão do processo de inquérito às acusações de que o futebolista brasileiro era alvo.

De acordo com a Efe, que cita fontes policiais, o relatório da comissária Juliana Lopes Bussacos, responsável pela investigação, conclui que não existem provas suficientes para acusar formalmente o futebolista dos crimes de violação e agressão.

Segundo as mesmas fontes, o inquérito detetou inúmeras contradições de Najila de Souza, a modelo que acusava Neymar de a ter violado num hotel em Paris. O relatório avança ainda que a mulher não entregou os vídeos da alegada violação, nem o relatório da médica, como as autoridades haviam solicitado.