Desporto

"Uma das falhas é que muitas pessoas que trabalham no Sporting são o problema do Sporting"

Internacional português revela ainda que recebeu proposta do FC Porto

Nani recordou, em entrevista ao jornal A Bola, a sua mais recente passagem pelo Sporting e revelou que recebeu uma proposta para jogar no FC Porto.

Para o atual jogador do Orlando City, o Sporting só vai voltar a sagrar-se campeão nacional quando se tornar um “clube mais fechado”.

“Todos os que estão lá dentro têm de querer a mesma coisa e correr para o mesmo lado. Quando isso acontecer o Sporting voltará a ser campeão. Se olharmos para o relvado o que vemos é que a equipa consegue sempre competir, só que há momentos em que parece que já não o faz como fazia há duas ou três semanas atrás e nos momentos decisivos volta a cair”, começou por dizer o jogador.

“Uma das coisas de que me apercebi é que Benfica e FC Porto são muito fortes nesses momentos vitais. Se tiverem de passar por cima, eles não pensam duas vezes e atropelam. Seja a ganhar por 1-0 ou a golear, mas ganham. É esse tipo de experiência que o Sporting também tem de ter. E isso tem de vir de dentro. Uma das falhas dos últimos anos é que, internamente, muitas pessoas que trabalham no Sporting são o problema do Sporting”, acrescentou.

O internacional português revelou ainda que, o ano passado, antes de regressar ao clube de Alvalade, recebeu uma proposta do FC Porto.

“O Sérgio Conceição falou comigo várias vezes, queria que eu fosse para lá, explicou-me como funcionavam as coisas lá, disse que só podia dar X de dinheiro”, recordou.

“Pensei assim: ‘Se não houvesse proposta do Sporting, se calhar aceitava’. O FC Porto era um bonito clube para jogar, ia competir na Champions, quem é que não gosta de estar na Champions? Mas tinha o Sporting também e não ia deixar os adeptos do meu clube tristes e revoltados comigo por causa de fazer três ou quatro jogos na Champions. Preferi ir para o Sporting, voltar a casa. Fui lutar por uma causa positiva, ajudar o clube a reerguer-se outra vez. Essa era a minha Champions pessoal”, afirmou.