Internacional

Mulheres sauditas autorizadas a sair do país sem terem de pedir autorização a um homem

"Um passaporte vai ser entregue a qualquer nacional saudita que o peça", 

Uma nova lei que autoriza as mulheres sauditas a viajar para fora do país, sem terem que pedir permissão ao marido ou ao pai, foi aprovada, anunciou o Governo de Riade na passada quinta-feira.

"Um passaporte vai ser entregue a qualquer nacional saudita que o peça", segundo declarações de um excecutivo ao  diário governamental Umm Al Qura. 

Antes do novo decreto, as mulheres tinham que obter uma autorização do seu marido, pai ou outro parente do sexo masculino para poderem renovar o passaporte ou sair do país. O facto de as mulheres sauditas serem tratadas como menores o resto da sua vida, é algo que tem originado várias queixas e revoltas por parte das organizações humanitárias. 

O príncipe herdeiro Mohammed bin Salman tem feito novas legislações que dão mais liberdade às mulheres para combater as queixas que afirmam que as mulheres sauditas são reféns do seu próprio país. Já no passado, as mulheres foram autorizadas a conduzir uma viatura, uma vitória que originiou uma grande mudança na vida destas mulheres.