Internacional

Homem mata mãe com golpes de espada e oculta cadáver num saco do lixo

O suspeito esperava que a mãe fosse recolhida juntamente com o lixo na manhã seguinte

David Krystyniak, de 47 anos, foi detido na passada segunda-feira por estar acusado de ter matado a mãe com golpes de espada e a ter colocado dentro de um saco, esperando que fosse recolhida juntamente com o lixo na manhã seguinte. O insólito ocorreu em Park Ridge, no condado de Cook, no estado norte-americano de Illinois.

Ao canal ABC7, as autoridades avançaram que o indivíduo foi detido na sequência da visita de uma patrulha de rotina, isto é, de um agente da polícia e de um técnico de serviço social, que repararam na "confusão" em que o relvado da casa se encontrava, pelas 7h30 de segunda-feira, e decidiram bater à porta. Nenhum dos residentes respondeu, contudo, os operacionais regressaram pelo meio-dia e foram convidados a entrar por David. Os agentes pediram para conversar com Judith Krystyniak, de 74 anos e o filho limitou-se a aceder, não colaborando.

Após visitar todas as divisões e ter encontrado um martelo e uma espada no interior da propriedade, a patrulha deslocou-se para o exterior da casa onde deparou com uma mão ensaguentada proveniente de um saco. O cadáver da idosa acabou por ser descoberto com variados ferimentos.

A família Krystyniak relacionava-se bem "e não existiu um motivo claro" para este crime. Pelo menos, a polícia de Park Ridge ainda não o desvendou e está a prosseguir a investigação com o auxílio da Cook County Major Case Assistance Team e da equipa médica que autopsiou o corpo da vítima mortal. Por outro lado, o Chicago Sun Times adiantou que o suspeito possui "distúrbios psicológicos" e "muitas das vezes apresentava comportamentos erráticos como pedir dinheiro a todos os vizinhos ou telefonar ao serviço de emergência e afirmar que a mãe havia sofrido uma overdose".

O alegado homicida foi detido sem hipótese de pagar fiança e será presente a tribunal no dia 14 de agosto.