Vida

"Estou a viver com isto. É uma escolha. Tudo é uma escolha"

Newton-John enfrenta o cancro pela terceira vez

Olivia Newton-John, atriz, cantora e compositora de 70 anos, conhecida por ter interpretado a personagem Sandy no filme 'Grease' de 1978, ao lado de John Travolta, foi diagnosticada com cancro da mama, pela primeira vez, em 1992. A doença provocou-lhe um tumor na zona inferior da coluna. Ao programa norte-americano '60 Minutos', da CBS News, a figura pública afirmou que encara o cancro como "algo" que existe no seu corpo e do qual não se consegue "ver livre", explicando que não o encara como "uma batalha ou uma guerra".

"Não preciso de falar disto" avançou a antiga representante do Reino Unido, com o tema 'Long Live Love', no Festival Eurovisão da Canção de 1974, antes de se autodescrever como a "protetora" da mãe. Newton-John esclareceu que cada dia é "um presente" e que o corpo lhe dá permissão para fazer determinadas coisas: "O meu corpo diz-me para olhar para tudo e decidir aquilo que quero fazer", adiantou, acrescentando igualmente que "adora" estar em casa com o marido, John Easterling, e que "trabalha para além das performances públicas".

A artista confessou que vai leiloar alguns dos items mais famosos que utilizou durante 'Grease', na casa de leilões Julien's Auctions, em Los Angeles, como o casaco de cabedal preto e as calças justas que usou durante a atuação da música 'You're The One That I Want'. Todos os proventos desta venda reverterão a favor do Cancer Wellness & Research Centre que está a investigar o uso medicinal da marijuana.

"Estou a viver com isto. É uma escolha. Tudo é uma escolha" explicitou a atriz que, no início dos anos 90, recuperou através de uma mastectomia parcial, sessões de quimioterapia e reconstrução do peito. Contudo, em 2013 e 2017, respetivamente, o cancro reincidiu pela segunda e terceira vezes.