Economia

Efacec reforça rede elétrica da Tunísia com 25 subestações

A empresa portuguesa ficou responsável pela elaboração dos estudos eletromecânicos, fornecimento e transporte de equipamentos até à Tunísia, supervisão da montagem, ensaios e formação dos técnicos. 

A Efacec reforçou a sua presença na Tunísia com um projeto que envolve a construção e ampliação de 25 subestações elétricas, das quais seis totalmente novas. O conjunto de subestações, no âmbito do contrato assinado com a STEG (Société Tunisienne de l’Electricité et du Gaz), integra a Rede de Transporte de Energia Elétrica Tunisina.

A empresa diz ainda que, no contexto deste projeto, foram já colocadas dez subestações em serviço, das quais duas foram construídas de raiz. A última subestação, de 150/33 kV, foi inaugurada no dia 22 de junho, na região de Ksour Essef, a 200 quilómetros da capital Tunis.

A empresa portuguesa ficou responsável pela elaboração dos estudos eletromecânicos, fornecimento e transporte de equipamentos até à Tunísia, supervisão da montagem, ensaios e formação dos técnicos. O projeto inclui também as áreas da energia e da automação, abrangendo proteções, comando, controlo, baterias e carregadores.

O contrato para a participação da Efacec no projeto foi assinado em 2016, como resultado da vitória no concurso internacional, em consórcio com ECM+, referente ao 11º Plano para a Rede de Transporte de Energia Elétrica no país.

O mercado tunisino não é novo para a Efacec, que desenvolve projetos com a STEG desde 1990. Em 2017, a STEG selecionou a empresa portuguesa para implementar um projeto de engenharia, fornecimento e supervisão de três subestações no Ruanda.

Já este ano, a Efacec venceu um concurso internacional para o fornecimento de 50 passagens de nível na Tunísia, em colaboração com a SNCFT (Société Nationale des Chemins de Fer Tunisiens), que já tem na sua rede ferroviária 40 passagens de nível fornecidas pela empresa portuguesa.