Internacional

Jovem de 17 anos acusado de tentativa de homicídio após empurrar criança do 10.º andar da galeria Tate Modern

Suspeito será presente a tribunal esta terça-feira

Um jovem, de 17 anos, é suspeito de tentativa de homicídio, depois de ter empurrado uma criança de seis anos do 10.º andar de uma plataforma panorâmica da galeria Tate Modern, em Londres.

A vítima, um menino de nacionalidade francesa, está internada em estado crítico.

O suspeito foi detido no último domingo, pouco tempo depois de o rapaz ter sido encontrado numa varanda do quinto andar, imediatamente após a mãe notar a ausência da criança e de vários visitantes terem afirmado que o menino tinha sido empurrado.

"A vítima mantém-se estável, mas em estado crítico no hospital com a sua família, que continua a ser apoiada pelos agentes", afirmou fonte policial, citada pela Reuters. 

O alegado agressor será presente a tribunal esta terça-feira. Nada indica que este conhecesse a criança.