Sociedade

Homem obrigou companheira a práticas sexuais contra a sua vontade durante anos

Mulher era ainda vítima de violência doméstica

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 47 anos, suspeito da prática do crime de violação agravada e de violência doméstica, em Alcobaça.

Em comunicado, a força de segurança informa que a vítima é a companheira do suspeito.

Ao longo de vários anos, e de forma reiterada, o homem, pedreiro de profissão, terá coagido a vítima a suportar práticas sexuais contra a sua vontade. Para além disso, terá infligido à companheira diversas agressões físicas e psicológicas.

O suspeito vai aguardar julgamento em prisão preventiva.