Internacional

Homem que abusou sexualmente de uma criança foi afogado na sanita por companheiro de cela

O homem estava a cumprir uma pena de prisão perpétua.

David Oseas Ramirez foi condenado por pedofilia e estava a cumprir uma pena de prisão perpétua no Duval County, na Florida, Estados Unidos, quando foi assassinado pelo companheiro de cela na passada semana.

Paul Dixon, com 43 anos e companheiro de cela, envolveu-se numa discussão com David Oseas Ramires que terminou com a sua morte, conta o USA Today. Segundo o mesmo jornal Paul estava a cumprir uma pena de 17 anos por homicídio.

De acordo com relatos, as agressões de Paul, seguido do afogamento na sanita da cela, terminaram com a vida de David Oseas Ramirez, que tinha sido condenado a prisão perpétua depois de ter abusado sexualmente de uma criança de 11 anos.