Internacional

Duas toneladas de cocaína apreendidas e incineradas em Cabo Verde

Foram detidos cinco cidadãos brasileiros

"O quotidiano da lixeira da capital cabo-verdiana, e dos cães e vacas que ali procuram alimento, voltou hoje a ser alterado, pela segunda vez em seis meses, com dezenas de militares e polícias a queimarem duas toneladas de cocaína": foi deste modo que a agência Lusa anunciou mais uma ação de combate ao tráfico transnacional de estupefacientes por via marítima que ocorreu na cidade da Praia, em Cabo Verde.

De acordo com o site oficial da Polícia Judiciária cabo-verdiana, os 2256.27kg (dois mil duzentos e cinquenta e seis quilos e vinte sete gramas) de cocaína foram apreendidos através da Secção Central de Tráfico de Estupefaciente no passado sábado e, na sequência da operação, foram também detidos cinco cidadãos de nacionalidade brasileira que serão "presentes, em tempo legal, às autoridades judiciárias competentes, para validação das detenções e aplicação das medidas de coação".

A investigação foi levada a cabo com o apoio da Polícia Nacional de Cabo Verde, do MAOC – N, (Maritime Analysis and Operations Centre – Narcotics), sediado em Lisboa, e da Polícia Federal do Brasil.