Sociedade

Desmantelada plantação de canábis numa propriedade de 1 hectare

O suspeito foi detido "no momento em que se encontrava a cultivar as plantas"

Um homem de 55 anos foi detido, na passada quarta-feira, em flagrante delito, através do Núcleo de Investigação Criminal do Fundão da GNR. Em causa está o cultivo de estupefacientes, no concelho de Penamacor, realizado numa propriedade agrícola. Numa nota publicada no site da força de segurança anteriormente referida pode ler-se que "havendo suspeitas da existência de uma plantação de cannabis (...) os militares da GNR efetuaram várias diligências de investigação e ações de vigilância, que culminaram na localização da referida plantação e na detenção do seu proprietário, no momento em que este se encontrava a cultivar as plantas".

Sublinhe-se que as plantas "estavam em diferentes estados de maturação" e espalhadas por uma propriedade de aproximadamente 1 hectare muito próxima da fronteira com Espanha, sendo que os factos criminosos ocorreram "num terreno ermo, de difícil acesso". Foram feitas quatro buscas ao domícilio e veículo do alegado criminoso bem como duas em propriedades agrícolas: o suspeito foi detido e foram apreendidas 504 plantas de canábis ("tendo algumas cerca de 3 metros de altura").

O indivíduo já tinha antecedentes criminais pela prática do mesmo crime e cumpriu duas penas de prisão de 3 anos, em Espanha. Agora, está detido nas instalações da GNR e será presente, na sexta-feira, ao Tribunal Judicial de Castelo Branco.