Sociedade

Alimentação artificial das praias da Costa de Caparica e de S.João da Caparica começa dia 13 de agosto

Praias serão encerradas rotativamente

A Agência Portuguesa do Ambiente vai promover a alimentação artificial das praias da Costa de Caparica e de S. João da Caparica, em Almada. A obra começa no dia 13 de agosto.

Esta intervenção tem como objetivo a proteção da zona costeira, pessoas e bens, através da melhoria da proteção da costa contra o desgaste e destruição provocados pela ação dos agentes hidráulicos de erosão. Com esta obra a zona de rebentação da ondulação ficará mais afastada da linha de costa.

No total, serão dragadas, transportados e repulsados 1 000 000 metros cúbicos de areia, distribuídos entre as duas praias.

O prazo de execução das obras será de 60 dias e só se poderá realizar em períodos de baixa ondulação, devido ao bombeamento de areias para as praias. É por isso que se realiza durante o verão.

As prais serão intervencionadas rotativamente, pelo que cada praia ficará encerrada durante um curto período de tempo. Isto permitirá a utilização das restantes praias.

O investimento total, realizado em parceria com Administração do Porto de Lisboa S.A., será de cerca de 5,8 milhões de euros.