Sociedade

Fiéis de Caminha manifestam-se contra saída de 'padre motard' e 'sex symbol'

Ricardo Esteves faz furor entre o público feminino, vai ao ginásio diariamente, gosta de jogar futebol e não dispensa andar de mota.

DR  

Ricardo Esteves tem 36 anos e é paróco nas igrejas de Seixas, Lanhelas e Vilar de Mouros, no concelho de Caminha. É igualmente considerado um 'sex symbol', divulgando uma imagem descontraída e ousada nas redes sociais. O sacerdote faz furor entre o público feminino, vai ao ginásio diariamente, gosta de jogar futebol e não dispensa andar de mota. Este domingo, os fiéis manifestaram-se contra a sua saída para outra paróquia, saudando-o com aplausos e cartazes onde se podia ler "Fica". Aliás, este é também o mote da página do Facebook 'Fica Padre Ricardo Esteves' que já conta com mais de 300 apoiantes e da petição online cujo objetivo é o envio ao bispo da diocese de Viana do Castelo, assinada por 779 pessoas. 

"O padre Ricardo Esteves está perfeitamente integrado nas paróquias e durante os últimos dez anos em que esteve à frente das mesmas conseguiu agregar e chamar muitos cristãos que, embora o sendo, estavam afastados da igreja. Não nos conformamos com esta decisão e lutaremos até ao fim para que a mesma seja revogada", é possível concluir através da leitura da petição que será enviada ao bispo Anacleto Oliveira. A agência Lusa tentou contactar o bispo mas uma fonte do secretariado deste avançou que o mesmo "não faz qualquer comentário sobre o assunto".

"Nós, os paroquianos abaixo assinados, vimos por este meio comunicar-lhe que não vemos com bons olhos e estamos revoltados com o anúncio do afastamento do Sr. Padre Ricardo Esteves das nossas paróquias. (...) Queremos que ele permaneça à frente das obras sociais e projetos que tem vindo a desenvolver junto da comunidade, e que são muitos (...) com especial destaque para os jovens sendo ele inclusive o Presidente da Direção do Grupo de Jovens de Seixas" adiantaram os fiéis no texto divulgado na plataforma 'Petição Pública". Os efeitos da saída do padre foram igualmente mencionados, como o afastamento dos crentes "principalmente jovens que veem no padre Ricardo um exemplo de bondade e solidariedade para com os outros".