Economia

Volume de negócios nos serviços cresce 3,7% em junho

INE explica que a evolução do índice agregado foi particularmente influenciada pela secção de comércio grosso e reparação de veículos automóveis e motociclos.

O índice de volume de negócios nos serviços registou uma aceleração de 3,1 pontos percentuais para uma taxa de variação homóloga, em junho, de 3,7%. Os valores foram esta segunda-feira avançados pelo Instituto Nacional de Estatística e revelam ainda que, no segundo trimestre deste ano, a variação homóloga dos serviços situou-se em 2,1%.

O gabinete de estatística explica que a evolução do índice agregado foi particularmente influenciada pela secção de comércio grosso e reparação de veículos automóveis e motociclos.

Segundo o INE, verificou-se um crescimento homólogo de 1,6% em junho no índice de emprego nos serviços.

Comparativamente ao mês anterior, o índice de remunerações aumentou 13,3% no mesmo mês. Em termos homólogos, o índice de remunerações efetivamente pagas apresentou um aumento homólogo de 3,4% (3,6% em maio).

Já o índice de volume de trabalho – que é medido pelo úmero de horas trabalhadas, ajustado dos efeitos de calendário – registou uma diminuição, em termos homólogos, de 2,7%.