Sociedade

Turista portuguesa internada depois de férias na República Dominicana

No último ano, 19 turistas morreram na República Dominicana. Entre janeiro e junho de 2019, morreram 11 turistas norte-americanos. Muitos dos casos apresentavam sintomas semelhantes à turista portuguesa.

Uma mulher portuguesa foi internada no Hospital de Braga depois de uma férias na República Dominicana, o local paradísiaco que levou à morta de 19 turistas, desde o ano passado. 

Poucos dias depois de chegar à ilha, a mulher começou a sentir-se mal e decidiu ir ao hospital, onde foi diagnosticada com gastroenterite, no entanto, alguns sintomas como partes do corpo inchadas, dificuldades em respirar e dores musculares começaram a surgir. 

Quando chegou a Portugal e ao sentir os mesmos sintomas, a doente decidiu ir ao hospital e os serviços médicos realizaram um diagnóstico diferente: a paciente estava com miocardite  (inflamação do músculo do coração), o que pode ter surgido através da ingestão de gelo, a partir de água não potável, o que as autoridades desconfiam que podem ser utilizado nos hóteis. 

No último ano, 19 turistas morreram na República Dominicana. Entre janeiro e junho de 2019, morreram 11 turistas norte-americanos. Muitos dos casos apresentavam sintomas semelhantes à turista portuguesa. As causas ainda não são conhecidas nem qualquer tipo de relação entre elas foi confirmada.