Internacional

João Carlos Barroso. Morreu o 'Toninho Jiló' de Roque Santeiro

O artista perdeu a vida na sequência de complicações provocadas pelo cancro de que padecia

Em 1961, com apenas 11 anos jogava futebol na praia de Copacabana quando os produtores de 'Pedro e Paulo' o convidaram para se juntar à coprodução do Brasil com a Argentina. Nas novelas 'O Bem Amado' e 'Roque Santeiro' - nesta, interpretou Toninho Jiló, o famoso guia turístico da cidade fictícia de Asa Branca -, João Carlos Barroso tornou-se conhecido e, durante a sua carreira, participou em variados projetos em televisão, teatro e cinema. Aos 69 anos, o reconhecido artista brasileiro da TV Globo morreu vítima de cancro.

A notícia foi avançada por uma das suas sobrinhas, Guiga, através da rede social Instagram: "Descanse em paz tio querido! Pessoa mais bondosa e carinhosa que já conheci, tanto amor pela família que não cabia em você, você sempre se preocupou antes com os outros e com você por último né?" escreveu, acrescentando que o tio era "um artista exemplar que é raro de se ver hoje em dia". Barroso interpretou o seu último papel na telenovela 'Sol Nascente', transmitida entre 2016 e 2017.

No Facebook, o ator Mário César Nogueira não deixou de prestar homenagem ao amigo de longa data: "É com imensa tristeza que recebo esta notícia. Nosso grande amigo. João Carlos Barroso - Barrosinho, Colega de profissão e de grandes lutas. Parceiro de futebol dos artistas inúmeras vezes, nos deixou. Que Deus o receba em seu reino de luz. Meus sentimentos à família".