Internacional

Banco perdoa dívidas dos cartões de crédito aos clientes

“Isto não acontece com cartões de crédito. Os cartões de crédito são histórias de terror”.

O banco norte-americano Chase Bank decidiu perdoar todas as dívidas de cartões de crédito dos clientes canadianos.

Depois de ter decidido abandonar o mercado de cartões de crédito canadiano e ter encerrado todas as contas a partir de março de 2018, os clientes deveriam continuar a realizar os pagamentos dos cartões, no entanto, passado um ano, o banco decidiu alterar as regras e perdoar todas as dívidas antigas.

Os clientes foram apanhados de surpresa e apesar de o banco não ter anunciado ao certo quanto dinheiro perdoou aos clientes, alguns falaram com a imprensa internacional e mostraram-se muito satisfeitos por dívidas no valor de milhares de euros terem sido perdoadas.

Paul Adamson de 43 anos é um desses casos. Quando consultou o saldo do seu cartão de créditos e viu que este estava a zeros, decidiu entrar em contacto com o banco. A sua dívida no valor de 1.645 euros tinha sido perdoada. “Fiquei um pouco confuso e um pouco céptico com a resposta”, afirmou à The Canadian Press, no entanto, uma carta enviada pelo banco acabou por confirmar tudo.

“É uma loucura”, disse Douglas Turner, de 55 anos, à Canadian Broadcasting Corporation. “Isto não acontece com cartões de crédito. Os cartões de crédito são histórias de terror”.