Sociedade

PJ detém paquistanês suspeito do homicídio de mulher cuja cabeça foi encontrada na praia de Leça da Palmeira

Homem foi detido na fronteira da Turquia com a Grécia

Um cidadão paquistanês, de 32 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por ser suspeito da autoria material de um crime de homicídio qualificado e profanação de cadáver. Em causa está a mulher cuja cabeça foi encontrada na praia de Leça de Palmeira, em Matosinhos, no passado mês de março.

Segundo um comunicado da força de segurança, citado pelo Correio da Manhã, a vítima trabalhava para o suspeito.

No passado mês de abril já havia sido detida uma massagista de nacionalidade tailandesa por suspeitas da coautoria do crime. De acordo com o mesmo jornal, as autoridades acreditam que uma dívida, que a vítima exigia que fosse paga, estará na origem do crime.

O homem foi detido na fronteira da Turquia com a Grécia, depois de ausentar do país após ser noticiado o aparecimento da cabeça.