Sociedade

GNR resgata 85 migrantes na Grécia durante a madrugada de sexta-feira

Militares restaram migrantes ao longo de duas operações

DR  


A Unidade de Controlo Costeiro (UCC) e a Guarda nacional Republicana (GNR) resgataram durante a madrugada de sexta-feira 85 migrantes na Grécia.

Em comunicado às redações, a GNR explicou que através de  militares destacados na ilha de Samos, na Grécia, resgataram 23 migrantes que estavam numa pequena embarcação, na Baía de Kerveli, no mar Egeu.

Segundo os militares, a equipa terrestre de vigilância marítima da UCC, “através dos equipamentos de visão térmica e noturna, detetou uma pequena embarcação de borracha, com cerca de 6 metros de comprimento, sobrelotada e à deriva, tendo a bordo 23 migrantes.”

Entre os 23 migrantes, contavam-se sete crianças, sete mulheres e nove homens.

A equipa da OCC acabou por dar o alerta à embarcação da GNR que patrulhava aquela área, que "prontamente foi ao local, resgatando os 23 migrantes junto à costa”, que foram mais tarde transportados para o Porto de Malagari.

Mais tarde, os militares da GNR detetaram ainda, durante uma vigilância junto à costa, “na zona noroeste da ilha de Samos, uma embarcação com 62 migrantes a bordo, também com excesso de lotação, o que poderia colocar em causa a navegabilidade da mesma."

Esta equipa de patrulha estabeleceu contacto com uma embarcação da Grécia, que "possibilitou efetuar o resgate com sucesso.”