Sociedade

TAP homenageia Marquês de Pombal, Agustina Bessa-Luís, D.Dinis e Bartolomeu Perestrelo

Das quatro novas aeronaves, o primeiro a ser batizado foi o Airbus 320neo, o único dos quatro de médio curso e que já se estreou ao nível de voos na terça-feira, ao ligar Lisboa a Madrid.

 

A TAP batizou desde o início da semana quatro aviões, todos eles com nomes de grandes figuras da história de Portugal. Desses, três pertencem à frota de longo curso e um à de médio curso.

Das quatro novas aeronaves, o primeiro a ser batizado foi o Airbus 320neo, o único dos quatro de médio curso e que já se estreou ao nível de voos na terça-feira, ao ligar Lisboa a Madrid. O nome escolhido para o aparelho foi o da famosa escritora portuguesa Agustina Bessa-Luís, que morreu no passado dia três de junho.

Em comunicado às redações, a TAP explicou a escolha: “Agustina Bessa-Luís deixou um vasto legado no património literário e cultural português e é, por isso, homenageada agora pela companhia.”

Quanto aos três aviões de longo curso, esses foram batizados com os nomes de D.Dinis, Marquês de Pombal e Bartolomeu Perestrelo. O primeiro é homenageado pela sua marca deixada na cultura e fronteiras portuguesas, o segundo pelo seu papel fulcral na reconstrução da cidade de Lisboa aquando do terramoto de 1755 e o último pelo povoamento do arquipélago da Madeira.