Sociedade

Suspeito de sequestrar e espancar ex-namorada vai ser presente a juiz no Tribunal do Seixal

O caso de Margarida Simões mobilizou nos últimos dias as polícias espanhola e portuguesa. 

O homem suspeito de ter sequestrado e agredido violentamente a ex-namorada, detido esta quinta-feira pela Polícia Judiciária, vai ser presente a juiz esta tarde no Tribunal do Seixal.

O caso de Margarida Simões mobilizou nos últimos dias as polícias espanhola e portuguesa. A jovem de 25 anos, natural do Seixal, foi dada como desaparecida na segunda-feira à tarde em Saint Pere de Ribes, perto de Barcelona, onde estava a residir junto de familiares, segundo a imprensa para fugir do ex-namorado violento que acabou por a perseguir e trazer de volta para o país.

Em comunicado emitido esta manhã, a Polícia Judiciária informou que a detenção, através da Unidade Nacional Contra Terrorismo (UNCT), resultou de um pedido de colaboração por parte das Autoridades espanholas e no âmbito de inquérito titulado pelo DIAP do Seixal. Em causa está a presumível autoria de um crime de sequestro agravado, ofensas à integridade física e violência doméstica.

A PJ adianta que os factos foram cometidos entre o dia 19.08.2019 e o dia 21.08.2019, “tendo o autor se deslocado à zona de Barcelona – Espanha, onde agrediu e coagiu a vítima, uma mulher com 25 anos de idade com quem tivera um relacionamento, obrigando-o a regressar consigo para Portugal, onde continuou a ser agredida violentamente”.

em atualização