Internacional

Bolsonaro autoriza envio de Forças Armadas para a Amazónia

Segundo a Globo, o decreto assinado pelo presidente brasileiro prevê que, até dia 24 de setembro, os militares apoiem no combate às chamas.

Jair Bolsonaro autorizou o envio de Forças Armadas para a Amazónia para combater os fogos que já duram há mais de três semanas, naquela que é a maior floresta tropical do mundo e que representa 20% do oxigénio do mundo. 

Segundo a Globo, o decreto assinado pelo presidente brasileiro prevê que até dia 24 de setembro os militares apoiem no combate às chamas e prevê a atuação em áreas de fronteira, terras indígenas e unidades federais de conservação ambiental.

Cerca de 72 mil focos de incêndio foram detetados este ano na Amazónia, um número duas vezes superior ao do período homólogo e o número mais elevado dos últimos sete anos.