Desporto

Liga. Sporting vence em Portimão e chega à liderança

Bis de Raphinha e mais um golo de Luiz Phellype garantem triunfo no Algarve (1-3)

E de repente, o Sporting está no topo do campeonato. Beneficiando do triunfo do FC Porto na Luz, no clássico com o Benfica (0-2), os leões foram ao Algarve bater o Portimonense por 3-1 e subiram ao primeiro lugar, somando sete pontos em três jogos - falta ainda saber o resultado da partida entre Vitória de Guimarães e Famalicão, a única equipa que ainda pode igualar ou até ultrapassar os leões (tem seis pontos).

A partida em Portimão teve um início alucinante: aos nove minutos já se tinham marcado três golos! Tudo começou logo aos três minutos, com Bruno Fernandes a assistir Raphinha e o extremo brasileiro a bater Ricardo Ferreira, depois de deixar Pedro Sá pelo caminho. Volvidos apenas dois minutos, o 0-2, com origem num passe a rasgar de Vietto para Bruno Fernandes; na cara do guardião dos algarvios, o médio português deixou para Luiz Phellype e o substituto de Bas Dost encostou para a baliza deserta.

Mas também havia equipa da casa em campo, e com oito minutos de jogo, Mathieu entrou de forma imprudente sobre Iury Castilho na área sportinguista. Na conversão do castigo máximo, Rômulo não tremeu e reduziu a desvantagem, ainda que Renan tenha tocado na bola. Dois minutos depois, novo penálti, agora para o Sporting, por derrube de Pedro Sá a Luiz Phellype. Depois de consultar o VAR por duas vezes, todavia, Carlos Xistra voltou atrás com a decisão, considerando ter havido falta de Thierry Correia sobre Aylton Boa Morte no início da jogada.

O jogo continuou a um ritmo frenético, mas o marcador só se voltaria a alterar já no segundo tempo (65'), e apenas mais uma vez, novamente por intermédio de Raphinha, que concluiu após cruzamento de Bruno Fernandes (três assistências). Em cima do apito final, o extremo brasileiro teve nos pés o hat-trick, mas Ricardo Ferreira fez uma mancha perfeita e evitou males maiores para o Portimonense, que sofreu assim a primeira derrota na temporada, mantendo os mesmos quatro pontos.