Sociedade

Famalicão. Mulher que agrediu bebé de um mês em prisão preventiva

O bebé esteve internado nos cuidados intensivos do Hospital de São João, no Porto, e já foi entregue a uma família de acolhimento, no entanto, os abanões causaram várias mazelas. 

Uma mulher foi detida esta segunda-feira, depois de ter deixado o filho recém-nascido gravemente ferido e colocar a sua vida em risco.  A mulher de 29 anos abanou o bebé, que tem um mês de vida, de forma violenta, para tentar com que este parasse de chorar, durante vários dias. 

De acordo com os especialistas médicos, a forma como a mulher abanou o recém-nascido provocou graves lesões no cérebro do bebé. O recém-nascido estava com gastroenterite e chorava muito por causa das dores, o que fez a mulher abaná-lo com violência para parar o choro. 

O bebé esteve internado nos cuidados intensivos do Hospital de São João, no Porto, e já foi entregue a uma família de acolhimento, no entanto, os abanões causaram várias mazelas. 

A agressora foi acusada de dois crimes de violência doméstica agravada e está em prisão preventiva a aguardar julgamento.