Sociedade

Passes com desconto para estudantes suspensos a partir de setembro por falta de pagamento do Governo

O presidente da Associação Nacional de Transportes Rodoviários de Pesados de Passageiros (Antrop), Luís Cabaço Martins declarou que, em causa, está uma dívida superior a 7 milhões de euros. 

Os operadores de transportes vão suspender a venda dos passes 4_18, sub23 e Social + com desconto a partir de setembro, por falta de pagamento do Governo das verbas relativas ao ano de 2019. 

O presidente da Associação Nacional de Transportes Rodoviários de Pesados de Passageiros (Antrop), Luís Cabaço Martins declarou que, em causa, está uma dívida superior a 7 milhões de euros, citando a TSF. 

"Todo o ano de 2019 está em falta. Nós somos obrigados a vender os passes de estudante com desconto de 25%, no mínimo, e o Governo, que se comprometeu a pagar-nos esse diferencial mensalmente, ainda não pagou um único cêntimo", conta Cabaço Martins. "Os operadores não podem suportar mais este encargo e decidiram que, a partir de setembro, venderão os passes sem desconto", acrescenta.

O Ministério do Ambiente e da Transição Energética, representado por João Pedro Matos Fernandes, já comentou as mais recentes declarações da Antrop e disse que existe uma Resolução do Conselho de Ministros, marcada para dia 5 de setembro, onde se irá  “reconfirmar” a verba de redução dos preços dos passes. O Governo sublinha que o pagamento dos passes já foi "aprovado" e que a Antrop tem conhecimento da data dos pagamentos.