Politica

Assunção Cristas reage a despacho de género

Para o CDS, a polémica revelou que "alguma esquerda não suporta a diversidade de opiniões".

Para a líder do CDS, Assunção Cristas, o despacho do Governo que derruba algumas barreiras para os alunos transgénero é "errado e "não faz sentido".

A centrista acusa o Governo de "criar ruído" pela forma como geriu o tema, que diz ser "sério e delicado". Para o CDS, a polémica revelou que "alguma esquerda não suporta a diversidade de opiniões".