Sociedade

Detidos homens que roubaram 40 mil euros em assalto a ourivesaria

Os suspeitos foram identificados quando se preparavam para fugir de Portugal.

Três homens, um com 39 anos e dois com 35, foram identificados e detidos - pela Diretoria do Norte da Polícia Judiciária (PJ) - na medida em que estão indiciados pela prática do crime de roubo ocorrido em Lousada, no distrito do Porto. Sabe-se que os alegados criminosos terão furtado uma ourivesaria, no passado dia 21 de agosto, sendo que apontaram também uma arma à funcionária do estabelecimento, amarraram-lhe as mãos e os pés e fecharam-na numa divisória do espaço. "Lograram apoderar-se de €15.000,00 em numerário e diversos objetos de ourivesaria e relojoaria no valor aproximado de €25.000,00" como se pode ler num comunicado divulgado pela força de segurança anteriormente mencionada. 

Na sequência da investigação levada à cabo pela PJ, os supostos autores dos crimes foram identificados quando se preparavam para fugir de Portugal e também foram apreendidos objetos utilizados no cometimento dos atos criminosos como uma arma, uma viatura e objetos em ouro. Um dos detidos é de nacionalidade portuguesa e tem antecedentes criminais por roubo, tráfico de estupefacientes e falsificação de moeda enquanto os restantes são de nacionalidade argentina - um deles esteve preso em Espanha por roubos com violência.

Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.