Politica

PSD quer mudar sistema político

O líder do PSD garantiu que estas medidas são imperativas para adaptar o sistema político aos dias de hoje. “O regime tem 45 anos e nestes anos cansou. Ou damos todos [os partidos] um murro na mesa ou o descrédito será cada vez maior”, defendeu o dirigente, numa conferência de imprensa no Porto. 

Menos deputados 
Rui Rio, apresentou, ontem, um pacote de medidas para reformar o sistema político que irá integrar o programa eleitoral do PSD. Entre as várias propostas, destacam-se a “redução do número de deputados” no Parlamento, a “limitação do número de mandatos dos deputados” e a “criação de círculos eleitorais mais pequenos”, pode ler-se no documento divulgado pelo próprio partido. 

“Murro na mesa” 
O líder do PSD garantiu que estas medidas são imperativas para adaptar o sistema político aos dias de hoje. “O regime tem 45 anos e nestes anos cansou. Ou damos todos [os partidos] um murro na mesa ou o descrédito será cada vez maior”, defendeu o dirigente, numa conferência de imprensa no Porto. 

Proposta velhinha
Carlos César desvalorizou “a proposta velhinha do PSD” e rejeitou a redução do número de deputados. “Diminuiria a representatividade dos pequenos partidos, prejudicando o pluralismo do Parlamento, dificultaria a representação dos territórios do interior, que seriam penalizados no preciso momento em que têm de ser valorizados, e baixaria a capacidade de realizar com qualidade o trabalho parlamentar”.