Sociedade

Temperaturas próximas dos 40ºC colocam país em alerta vermelho

Fogo de artifício e queimadas estão totalmente proibidos durante os próximos dias.

As temperaturas estão a subir e os termómetros vão atingir hoje temperaturas de 380C em Évora e 370C em Santarém e em Beja. Não há espaço que escape às temperaturas altas e só o distrito de Aveiro é que fica pelos 250C.

Muito calor é sinónimo de risco de incêndio elevado e, durante o dia de hoje, o território nacional está sob alerta de risco elevado, muito elevado e máximo de incêndio.

A subida das temperaturas levou o Ministério da Administração Interna e o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural a emitir um comunicado conjunto para alertar para o “significativo aumento do risco de incêndio florestal”.

A tutela determinou a declaração da situação de alerta entre as 00h00 de hoje e o próximo dia 8 de setembro. Os distritos de Aveiro, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Portalegre, Porto, Santarém, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu foram classificados pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil com estado de alerta especial nível vermelho do dispositivo especial de combate a incêndios rurais.

Por este motivo, as ações da GNR e PSP foram reforçadas de meios para operações de vigilância e fiscalização. O fogo de artifício e queimadas estão totalmente proibidos durante os próximos dias.