LifeStyle

MomentUm. Campo Pequeno recebe o maior evento de coaching em Portugal

Iniciativa decorre já este sábado, dia 7, e junta vários nomes conhecidos do público dentro desta área.

O Campo Pequeno vai ser palco, este sábado, do MomentUm – o maior evento de coaching em Portugal.

A iniciativa surge a partir de um sonho de Ricardo Mendoza, um dos oradores portugueses mais carismáticos da atualidade e vai trazer a Portugal nomes tão conhecidos nesta área como o do brasileiro José Roberto Marques. Mas não só. A este nomes juntam-se Max Piccinini, Lidija M Rosati, Enhamed Enhamed, Gerry McKinney, Nazário Vilhena, Beatriz Rubio, Mário Caetano, Paula Trigo e Jorge Sequeira. E até Teresa Guilherme e Rodrigo Paganelli fazem parte dos convidados.

Ricardo Mendoza, orador principal do evento, não esconde o orgulho de trazer pela primeira vez a Portugal uma iniciativa desta envergadura. Confessa que foi difícil mas está confiante no sucesso. “Houve muitos desafios. Acho que 99% das pessoas pensaram que íamos desistir. Esta equipa com quem trabalho é fantástica, trabalha com o coração estamos todos focados em servir, conseguir edificar o evento”, disse ao i.

Para já as inscrições chegam perto das 1600 mas o objetivo é conseguir pelo menos duas mil. “Vai ser um recorde dentro desta área mas, mais que isso, é a possibilidade de termos seguido o propósito do evento que é unir Portugal, os oradores, os coaches e os participantes sem haver interesses, comparações ou conflitos”, explicou Ricardo Mendoza. “O público que vai lá estar é variado. Temos líderes de equipas, gestores, diretores, pessoas que querem ir buscar ferramentas para inspirarem outras a terem uma vida melhor, a terem mais resultados, uma saúde melhor, qualquer que seja a área da sua vida. Vamos abordar vários temas e fomos buscar o melhor do internacional para trazer até Portugal e motivar as pessoas”, prometeu.

O responsável acrescentou ainda que serão 15 oradores no total, entre mestres de cerimónia, atores, apresentadores de televisão, entre outros. “E vamos trabalhar diversas áreas como a liderança, o coaching, o team building em empresas, vamos falar sobre o propósito de vida, relacionamentos e muitas outras coisas”, garantiu.

 

Evento solidário Ao i, Ricardo Mendoza avançou que uma percentagem do evento vai para “a maior catástrofe de 2018 em Portugal”, o incêndio de Monchique. “Vamos entregar um cheque com o número de árvores que vamos plantar em Monchique. Ou seja, compramos as árvores, oferecemos à associação (DEMOS) e vamos juntar 400 ou 500 pessoas para irmos lá plantar”, garantiu, ficando a promessa que a iniciativa deverá decorrer entre novembro e fevereiro. “Vamos fazer aquilo que outras entidades estatais ainda não conseguiram”, disse ainda.

 

Como tudo começou O sonho começou em 2006. Ricardo Mendoza era bem-sucedido em termos profissionais mas um problema físico “bastante grave” fê-lo pensar na vida de outra maneira. Daí até ter descoberto Anthony Robbins, foi um saltinho. “Mandei-me para Londres, fui fazer um curso de liderança com o Anthony Robbins e quando cheguei lá e vi 12 mil pessoas, quase tive um ataque cardíaco”, confessa. Mas depois entrou no espírito, tirou os sapatos, caminhou num tapete de fogo e foi aí que começou a perceber “como é que se pode jogar com o jogo da mente”.

De lá para cá, garante, fez vários cursos com os melhores do mundo. “Tenho andado lá por fora e comecei a lançar-me no mundo dos palcos. Já fiz 27 países, mais de 500 empresas e dezenas de milhares de pessoas e de há uns anos para cá, por motivos de família, comecei a dar mais atenção à minha empresa portuguesa que era um part-time e passar a fazer esse trabalho quase a tempo inteiro”.

Explica que, com a sua equipa, começou a organizar eventos onde apareciam 20 pessoas. Depois 30, 50, 100... E alguns, no final do ano passado, contaram com quase 300 pessoas.

Na ajuda à concretização deste sonho, está a Altice. “Tivemos a oportunidade de conhecer Alexandre Fonseca e depois de fazermos uma amizade eu disse-lhe que tinha um sonho e que ele podia ajudar-me a realizá-lo. E o Alexandre, que é uma pessoa extraordinária e um líder que eu admiro imenso, disse: 'vamos pôr isso em prática'”.

Depois do evento no Campo Pequeno, há já novas datas pensadas, no norte do país. E o objetivo é trazer Tony Robbins, com quem Ricardo Mendoza tem trabalhado como relações públicas na Europa. Prometeu a si mesmo que o traria a Portugal, organizando um evento que tocasse as pessoas “de uma forma tão altruísta, especial e positiva” como o orador norte-americano fez com ele. E garante que a vinda já está “apalavrada”.