Sociedade

Autarca confirma que foram retiradas mais de 40 pessoas das suas habitações em Albergaria-a-Velha

As Câmaras Municipais de Águeda e Albergaria-a-Velha já acionaram os planos municipais de emergência

O presidente da Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha, António Loureiro, confirmou esta sexta-feira que já foram retiradas mais de 40 pessoas, entre as quais várias crianças, de instituições e habitações de vários pontos do concelho devido aos incêndios que estão a lavrar naquela zona.

Em declarações à agência Lusa, o autarca informou que foram retiradas 19 crianças e dois adultos da Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) Aconchego, bem como vários moradores da localidade da Cova do Fontão e de São João de Loure, sendo que quatro pessoas acabaram por "ficar" nas suas casas.

António Loureiro admitiu ainda que não sabe qual o número preciso de habitações que foram evacuadas em ambas as localidades.

Esta manhã foi também evacuado um acampamento onde se encontravam quatro bebés, 18 crianças e quatro mães.

"O cenário é complicado e temos de ter em consideração que este incêndio tem um perímetro de dois mil hectares, o que, para fazer o rescaldo e todo o controlo, é de uma complexidade enorme", explicou o autarca, referindo ainda que prevê um "cenário complicado para os próximos dois dias".

As Câmaras Municipais de Águeda e Albergaria-a-Velha já acionaram os planos municipais de emergência, o que permite aos presidentes acionar e mobilizar recursos para auxiliar no combate às chamas.