Internacional

Autoridades norte-americanas pedem às pessoas para deixarem cigarros eletrónicos após uma terceira morte

Hoje, as autoridades de saúde dos EUA anunciaram a morte de uma terceira pessoa relacionada com a prática

Depois da terceira morte suspeita de estar associada ao uso de cigarros eletrónicos, as autoridades de saúde norte-americanas pediram às pessoas que deixem de usar estes aparelhos.

Nos últimos meses, em 33 estados dos EUA, as autoridades de saúde identificaram 450 pessoas com doenças que podem estar ligadas a esta prática.

Embora nenhum dispositivo de vaporização, líquido ou ingrediente dos cigarros eletrónicos esteja comprovadamente ligado às doenças, os médicos suspeitam de alguma relação entre a prática do uso de cigarros eletrónicos e os casos clínicos que se têm registado.

"Embora não saibamos quais as substâncias prejudiciais, é importante que as pessoas saibam que, ao usar estes produtos, não sabem tudo sobre o que estão a inalar e os danos que isso pode provocar", disse Kris Box, responsável pelo Departamento de Saúde do Indiana.