Sociedade

ASAE apreende 65 mil euros em material de jogo ilícito no Algarve

Autoridade de Segurança Alimentar e Económica instaurou ainda 11 processos-crime

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu material de jogo ilícito num valor aproximado de 65 mil euros, instaurando ainda 11 processos-crime numa operação realizada no Algarve em agosto, denominada "Roleta Algarvia". Em comunicado, a entidade revela que foram constituídos 12 arguidos por exploração e prática de jogos ilícitos fora dos locais autorizados.

Na ação, foram apreendidas 16 roletas, cinco quiosques, um computador portátil, 18 extratoras com o respetivo cartaz e cerca de 1700 euros em dinheiro, num valor global a rondar os 65 mil euros. A ação de fiscalização, conduzida pela Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal (UNIIC) da ASAE, contou com o apoio técnico do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos, tendo sido fiscalizados 18 operadores económicos na área da restauração e bebidas.

Os 11 processos-crime devem-se a "exploração e prática ilícita de jogos de fortuna ou azar, exploração ilícita de apostas desportivas à cota de base territorial e jogo fraudulento", tendo sido ainda instaurados quatro processos de contraordenação "por falta de autorização para exploração de modalidade afins de jogo de fortuna ou azar". As 12 pessoas que foram constituídas arguidas ficaram todas sujeitas a termo de identidade e residência.