Internacional

Número de migrantes diminui

Trump ameaçou impor sanções aos produtos mexicanos se fluxo migratório não reduzisse

O secretário de Estado mexicano, Marcelo Ebrard, anunciou que o país conseguiu reduzir em 56% o número de migrantes não documentados a atravessar a fronteira para os Estados Unidos desde maio.

O México e os EUA fizeram um acordo em junho, com uma janela de 90 dias, que fixava o objetivo de reduzir o fluxo migratório – caso contrário a administração de Donald Trump retaliaria com sanções aos produtos mexicanos.

As detenções de migrantes na fronteira desceram para 72 mil, quando em maio se registaram 130 mil.