Politica

Antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, André Gonçalves Pereira morre aos 83 anos

André Gonçalves Pereira fundou a Cautrecasas/Gonçalves Pereira e tratou de várias negociações internacionais em nome de Portugal, nomeadamente o Tratado de Maastricht.

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, André Gonçalves Pereira morreu esta segunda-feira aos 83 anos, vítima de doença prolongada.

Conhecido por ser um dos advogados mais importantes do país e professor de Direito Internacional na Faculdade de Direito de Lisboa, André Gonçalves Pereira participou na obra, Manual de Direito Público, em conjunto com Fausto de Quadro, um livro muito importante para os estudantes de Direito em Portugal. Chegou ainda a lecionar no Brasil e nos Estados Unidos. 

Recebeu o primeiro convite para assumir a pasta dos Negócios Estrangeiros no Governo de Marcelo Caetano mas recusou-a. Depois do 25 de Abril aceitou o convite para integrar o segundo Governo da AD - Aliança Democrática, em 1981, chefiado por Francisco Pinto Balsemão.

André Gonçalves Pereira fundou a Cautrecasas/Gonçalves Pereira e tratou de várias negociações internacionais em nome de Portugal, nomeadamente o Tratado de Maastricht.