Internacional

Bombeiro é chamado a responder a emergência e encontra filha morta em acidente

Maria Cruz foi a outra vítima mortal do acidente que matou a cantora Kylie Rae Harris

DR  

Na última semana, a cantora de música country Kylie Rae Harris morreu na sequência de um acidente de carro, nos Estados Unidos. O acidente envolveu três carros e uma rapariga de 16 anos também acabou por não resistir aos ferimentos graves. No entanto, os contornos desta história trágica não ficam por aqui.

A adolescente, Maria Elena Cruz, era filha de um dos bombeiros que foi chamado a responder a emergência.

Segundo a CBS, Pedro Cruz, subchefe do Corpo de Bombeiros de San Cristobal, não sabia que a filha era uma das vítimas do acidente até chegar ao local e ver o corpo.

Recorde-se que o acidente ocorreu na estrada 522, no estado do Novo México. As autoridades acreditam que o acidente tenha sido provocado pelo excesso de velocidade de um dos veículos envolvidos, bem como o consumo de álcool do condutor.

Na altura, a agente de Kylie Rae Harris lançou um comunicado onde lamentou a situação e pediu aos fãs para respeitarem a privacidade dos ente queridos da mesma. Uma campanha foi lançada na plataforma GoFundMe, com o objetivo de juntar dinheiro para pagar o funeral da cantora e para apoiar a sua filha de seis anos quando esta entrar na faculdade. 

De acordo com a CBS, Maria Elena Cruz, estudante, morreu depois de o veículo onde seguia a cantora ter colidido de frente com o jipe onde esta seguia.