Vida

Cláudio Ramos revela confissões de Eduardo Beauté sobre Luís Borges

Apresentador relembrou confissões do cabeleireiro

Cláudio Ramos decidiu, durante o programa ‘Passadeira Vermelha’, na SIC, comentar umas das polémicas criadas em torno de Eduardo Beauté, que morreu este sábado.

Depois de o programa começar com palavras de homenagem ao famoso cabeleireiro, Cláudio Ramos quis esclarecer algumas das coisas que têm sido ditas após a sua morte, nomeadamente sobre Luís Borges, o ex-marido de Eduardo Beauté.

"Pensei: 'Não sei se o Eduardo vai gostar do que vou dizer'. Não posso admitir, ficar quieto e calado, ler na Internet, que o Luís Borges é responsável por qualquer coisa que aconteceu ao Eduardo após a separação", começou por referir o apresentador.

“Não tenho uma relação próxima com o Luís há algum tempo, exatamente porque foi depois da separação. O que vou dizer é a absoluta verdade daquilo que se passava que seguramente vai apagar tudo o que foi escrito este fim de semana", acrescentou, realçando que o manequim sempre foi presente na vida dos filhos e que não se mostrava publicamente com as crianças por “opção”.

Recorde-se que enquanto estavam juntos, até 2016,  Eduardo Beauté e Luís Borges adotaram Bernardo, Lurdes e Eduardo.

"O Luís não é culpado de coisa nenhuma. O Eduardo disse-me muitas vezes que a ajuda do Luís, incluindo financeira, e o apoio nesta altura em que se estava a reerguer era muito importante. Ele estava a recuperar de uma depressão profunda", explicou.

“Não sei o resultado da autópsia, mas acho um crime que alguém escreva na Internet as coisas que escreveu sobre um homem que fica com três filhos a seu cargo. Digam o que disserem, esta é a verdade", rematou.

Durante a manhã, no programa de Cristina Ferreira, Cláudio Ramos já havia saído em defesa de Luís Borges. "O Luís era muito companheiro do Eduardo nesta altura. A relação com os três filhos era maravilhosa. Eles estavam de forma frequente juntos. Haviam compromissos financeiros de um lado e do outro que eram cumpridos, não é justo para o Luís que as pessoas o ataquem. Eles terminaram uma relação que não terminou bem. Passou, foi muito mediático, mas já passou", afirmou.

Depois de anunciada pelo próprio a morte do ex-marido, Luís Borges foi extremamente criticado nas redes sociais. Houve mesmo quem culpasse o manequim pela morte de Eduardo Beauté, que admitiu várias vezes ter passado por uma depressão na sequência do divórcio.