Sociedade

Jovem de 22 anos acusado de intoxicar família com bolo de canábis

Seis familiares comeram o bolo confecionado pelo jovem, incluindo uma criança de quatro anos

Um jovem de 22 anos, residente em Ovar, está a ser acusado de ter intoxicado a própria família com um bolo de canábis.

Através de um comunicado, a GNR acusa o suspeito de ter confecionado um bolo com folhas de canábis que foi consumido por seis familiares, incluindo uma criança de quatro anos, no passado domingo. 

Depois de terem comida o bolo, os familiares do jovem começaram a sentir-se tontos e começaram a vomitar, o que os fez ligar ao 112 para receberem assistência médica. Apesar de terem sido assistidos no local, acabaram por ser transportados para um hospital, onde ainda estão internados. 

Depois de uma busca domiciliária, a força de segurança encontrou uma estufa de cultivo de canábis, cinco doses de canábis, um triturador e um termómetro.