Sociedade

Jovem de 18 anos detido em Aveiro por ter sujeitado pessoas a trabalho escravo e à mendicidade

Os pais do arguido já tinham sido detidos pela PJ e encontram-se em prisão domiciliária


Um jovem de 18 anos foi detido esta quarta-feira, acusado de ter sujeitado pessoas numa situação de fragilidade a trabalho escravo e à mendicidade. Os pais do arguido já tinham sido detidos pela Polícia Judiciária e encontram-se em prisão domiciliária.

Segundo um comunicado das autoridades, o jovem tinha fugido da cidade de Gondomar, onde os pais foram detidos, no entanto, a PJ conseguiu localizá-lo na cidade de Aveiro.

O casal e o filho estão “fortemente indiciados” pela prática dos crimes de sequestro qualificado, tráfico de pessoas para fins de exploração do trabalho, mendicidade e ofensas à integridade física. As vítimas são um casal com 37 e 43 anos de idade, de nacionalidade portuguesa, que se encontravam “em situação de especial vulnerabilidade social e económica”.

“Estiveram privadas da liberdade ambulatória durante um mês e neste período foram coagidas a trabalhar e a praticar mendicidade sob orientação direta e proveito dos detidos” na área da cidade do Porto, pode ler-se na mesma nota.