Sociedade

PJ detém jovem de 17 anos suspeito de atear fogo no distrito de Viseu

A Polícia Judiciária (PJ) afirma que está em causa “um quadro de perturbação psicológica”.

A PJ comunicou esta sexta-feira a detenção de um jovem que terá, alegadamente, ateado um fogo no dia 7 deste mês, em Penalva do Castelo e Mangualde. A zona, com pinheiros e mato, estava localizada junto de habitações e um lar de idosos.

Segundo a força de segurança, o incêndio poderia ter tomado proporções mais graves “caso não tivesse havido uma rápida intervenção dos populares, elementos da junta de freguesia e bombeiros locais”.

O suspeito já tinha antecedentes pelo mesmo tipo de crime, porém era “inimputável em razão da idade”, refere o comunicado enviado pela PJ.

O jovem vai ser presente ao primeiro relatório judicial para aplicação das medidas de coação.